lusa

LiteraturaUTAD atribui doutoramento honoris causa a Antonio Lobo Antunes

LiteraturaUTAD atribui doutoramento honoris causa a Antonio Lobo Antunes

Vila Real, 08 Jun (Lusa) - A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em Vila Real, vai atribuir o grau de doutor "honoris causa" ao escritor António Lobo Antunes, anunciou hoje fonte da instituição.

Segundo a fonte, a universidade pretende dar reconhecimento a uma "das personalidades mais importantes da literatura portuguesa, falado várias vezes para Prémio Nobel da Literatura e um dos autores portugueses mais traduzido e lido no estrangeiro".

"Numa altura em que fala tanto de ciência e tecnologia, a UTAD quer dar mais ênfase à área da cultura", acrescentou a fonte.

A cerimónia de doutoramento "honoris causa", a António Lobo Antunes, ocorrerá no dia 06 de Julho, no campus da UTAD, em Vila Real.

O médico psiquiatra, António Lobo Antunes, nasceu em Lisboa, em 1942, tendo sido convocado pelo exercito português para servir em Angola, em 1971.

Em 1979 iniciou oficialmente a sua carreira literária com a publicação dos livros "Memória de Elefante" e "Os Cus de Judas".

É ainda autor de "A morte de Carlos Gardel", "O Manual dos inquisidores", "Conhecimento do inferno", "Tratado das paixões da alma", "A ordem natural das coisas" e "Exortação aos crocodilos", obra que lhe rendeu o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores, em 1999.

O único título de "honoris causa" da UTAD foi atribuído, em Dezembro de 1989, pelo então reitor Fernando Real, a Rudolfhus Franciscus Marie Lubbers que, na altura, exercia o cargo de primeiro-ministro holandês.

PLI.

Lusa/Fim

ver mais vídeos