porto

Mil candidatos às hortas

Mil candidatos às hortas

Na Área Metropolitana do Porto já há quase mil pessoas interessadas em ter uma horta à porta de casa, sendo que 200 vivem na Maia. Face a tantos pedidos a Câmara maiata, em parceria com a Lipor, inaugurou, ontem, mais uma horta biológica. Depois da Quinta da Formiga, agora foi a vez da Quinta da Gruta receber o projecto. É a terceira horta do concelho da Maia e a décima na Área Metropolitana. A horta biológica da Quinta da Gruta terá cerca de 70 talhões, com aproximadamente 40 metros quadrados cada, e ainda dois pomares comuns a todos os utilizadores. Os maiatos têm aderido em massa a estas iniciativas, havendo já uma lista de espera para novas hortas. A Lipor vai ser a responsável pela gestão do espaço e pela formação dos "novos agricultores". Os utilizadores vão poder começar a plantar em Setembro. Nessa alturavão ter acções de formação em compostagem caseira e agricultura biológica, para aprenderem as noções necessárias, uma vez que o recurso a químicos é totalmente proibido. Amália Fernandes será uma das utilizadoras. Ao JN, disse estar "ansiosa por meter as mãos na terra e ver os resultados". Segundo Fernando Leite, representante da Lipor, o objectivo é "permitir o contacto com a natureza, afim de criar hábitos de vida ao ar livre, assim como combater o sedentarismo e melhorar a qualidade de vida e alimentar". Dentro de um ano, a agricultura vai poder ser acompanhada por outras actividades de lazer que estarão abertas ao público naquele espaço. "As piscinas vão estar em funcionamento, assim como o campo de ténis, de modo a termos num espaço só, lazer, agricultura biológica, espaço educacional e desporto", adiantou, ao JN, Bragança Fernandes, presidente da Câmara da Maia. Sandra Fernandes