O Jogo ao Vivo

centro

Rio Diz despoluído até ao Parque Urbano

Rio Diz despoluído até ao Parque Urbano

O município quer dar "dignidade" à nascente do rio Diz, actualmente 'assinalada' por uma manilha de betão. Um cenário pouco nobre que a Autarquia quer alterar de forma a valorizar o único curso de água que nasce na cidade e que a poluição industrial e doméstica tem ocultado durante décadas.

"Este projecto do pelouro do Ambiente destina-se a requalificar a zona, dando-lhe uma dignidade de nascente, que não é propriamente ali mas será identificada como tal", adianta Lurdes Saavedra. A vereadora quer tornar o local "mais bonito", uma vez que vai ser o ponto de partida de dois percursos pedestres.

O primeiro está em funcionamento e tem como destino a Quinta da Maúnça, o segundo será dedicado à saúde, mas depende da despoluição do pequeno rio que corre no sopé da Guarda. Uma tarefa que já começou, no âmbito do projecto 'A Água que nos Une', candidatado juntamente com parceiros espanhóis ao programa comunitário Interreg. A intervenção está orçada em cerca de 50 mil euros.

"O rio está limpo até ao Parque Urbano da zona da Estação, tendo sido seladas 10 ligações clandestinas, que eram grandes focos de poluição, e retiradas algumas toneladas de detritos acumuladas ao longo destes anos", refere a vereadora. Nesta primeira fase os poluidores não foram multados, mas a tolerância acabou.

"A partir de agora é mais fácil detectar quem está a despejar ilegalmente os seus efluentes, porque o rio está limpo e há uma vigilância sistemática para detectar os infractores, que serão autuados", avisa Lurdes Saavedra. Entretanto, a segunda etapa desta requalificação ambiental, entre o lugar dos Galegos e o rio Noéme, fica a aguardar pela entrada em funcionamento de uma nova ETAR.

"O rio Diz chegou a ser repelente, mas é possível reabilitá-lo se lhe dermos os meios de recuperar por si próprio graças a uma intervenção biofísica", acredita. Tudo para que os guardenses regressem às suas margens daqui a alguns meses, promete a vereadora.

ver mais vídeos