nacional

Paulo Portas digitalizou 61893 papéis

Paulo Portas digitalizou 61893 papéis

Paulo Portas mandou digitalizar documentos do Ministério da Defesa pouco antes de sair do Governo, alguns deles confidenciais. Segundo a edição de ontem do Expresso, Portas negou tratar-se de qualquer dossier oficial e diz ter mandado fotocopiar apenas notas pessoais acumuladas enquanto ministro.

Trata-se de mais de 60 mil papéis do Ministério da Defesa que Paulo Portas mandou digitalizar antes de sair do Governo em 2005. Os funcionários da empresa que prestou o serviço e que foram ouvidos pela PJ, avançaram que os dossiers estavam classificados como confidenciais. Outros tinham como título «Iraque», «submarinos», «ONU» e «NATO». As referências aos papéis constam do processo «Portucale», mas não foram investigadas pelo MP.

Outras Notícias