lusa

Venezuela: Doze supermercados de madeirenses encerrados por 48 horas

Venezuela: Doze supermercados de madeirenses encerrados por 48 horas

Caracas, 06 Ago (Lusa) - Doze supermercados Excelsior Gama, propriedade de empresários madeirenses, foram hoje encerrados por 48 horas, na Venezuela, pelos fiscais do Serviço Nacional Integrado de Administração Alfandegária e Tributária (SENIAT), por alegado incumprimento das obrigações fiscais.

Segundo Líbia Araque, gerente de Tributos Internos da Região Capital, do SENIAT, o encerramento ficou a dever-se a irregularidades nos livros contabilísticos, ocorridas desde Novembro de 2003, até Abril de 2007.

As autoridades detectaram ainda "alteração do registo cronológico das operações desde Novembro de 2006 até ao passado mês de Abril".

A medida de encerramento abrangeu os 12 Supermercados Excelsior Gama e Gama Express, situados em Caracas, exceptuando-se dois armazéns principais da rede de supermercados, para não afectar o abastecimento de mercadorias, principalmente os alimentos que se podem deteriorar.

A Agência Lusa tentou, sem sucesso contactar com os irmãos Nelson da Gama e Miguel da Gama, o que não foi possível porque os telemóveis estavam desligados.

O funcionário de um dos supermercados disse à Agência Lusa não estar autorizado a falar sobre o assunto.

FPG.

Lusa/Fim

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG