lusa

França/eleições: Esquerda vitoriosa nas principais cidades, mas sem Marselha

França/eleições: Esquerda vitoriosa nas principais cidades, mas sem Marselha

Paris, 16 Mar (Lusa) - A esquerda francesa, liderada pelo partido socialista, alcançou hoje a vitória na segunda volta das eleições municipais ditando a derrota da UMP (União para o Movimento Popular), partido do presidente Nicolas Sarkozy, no poder há 10 meses.

A esquerda tem o maior número de votos e o maior número de cidades e departamentos, declarou o líder socialista, François Hollande, que pediu a Sarkozy para mudar a política do governo.

Na televisão, o primeiro-ministro, François Fillon, respondeu que não se pode fazer uma leitura nacional destas eleições municipais e assegurou que as reformas do Governo vão prosseguir apontando ainda a elevada abstenção (35 por cento).

Sarkozy manteve-se em silêncio na noite eleitoral, depois de também ter estado quase ausente da campanha, numa altura em que a sua popularidade se mantém baixa.

As forças de esquerda, lideradas pelos socialistas reconquistaram muitas das 41 cidades com mais de 20 mil habitantes que tinham perdido em 2001, entre elas Estrasburgo.

O socialista Bertrand Delanoe foi reeleito em Paris com 57,7 por cento, indicam resultados já definitivos, mas Marselha, a segunda cidade francesa, deverá manter-se nas mãos do conservador Jean-Claude Gaudin, que anunciou a vitória da sua lista.

Em Toulouse, um bastião da direita há 37 anos, foi o socialista Pierre Cohen a anunciar que ganhou.

Em Pau, o centrista François Bayrou candidatou-se e perdeu para a socialista Martine Lignières-Cassou.

EO.

Lusa/fim

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG