cultura

UHF comemoram trinta anos de rock

UHF comemoram trinta anos de rock

Os UHF, uma das mais antigas bandas naccionais de rock ainda no activo, sobem hoje, pelas 21.30 horas, ao palco da Aula Magna, em Lisboa, para comemorar 30 anos de carreira.

"O espectáculo será o arranque das celebrações que irão por todo o país, estando previstos já 20 espectáculos", disse à Agência Lusa António Manuel Ribeiro, vocalista, guitarra, líder da banda e seu fundador. O palco lisboeta será partilhado com outros músicos que têm colaborado com os UHF em vários álbuns, designadamente Jorge Manuel Costa (piano e saxofone), Nuno Flores (violino) e António Eustáquio (guitarra portuguesa). Sendo esta "uma noite especial", estarão também com os UHF o maestro António Vitorino d'Almeida, o cantor e compositor Rui Veloso e o escritor José Jorge Letria. Aos actuais UHF - António Corte-Real (guitarra), Luís Simão (baixo), Ivan Cristiano (bateria) e António Manuel Ribeiro - juntar-se-á Renato Gomes, outro dos fundadores e um dos autores de "Cavalos de corrida".

O concerto será gravado para edição futura de um CD, isto enquanto se espera a publicação do álbum com as gravações da banda na editora Valentim de Carvalho, na próxima semana.

Fazendo um balanço destes 30 anos, António Manuel Ribeiro afirmou ter vivido "momentos muito bons", designadamente quando receberam o disco de prata pelas vendas do single "Cavalos de corrida". "Recebemos o primeiro disco de prata - 30 mil exemplares vendidos - do rock português", lembrou António Manuel Ribeiro, para quem esse "foi um momento muito especial". Segundo o cantor, o "segredo" dos "sobreviventes" UHF, o que os faz continuarem a atrair público, reside "numa sinceridade idiossincrática com a sociedade portuguesa". "Atravessamos gerações e falamos dos problemas geracionais", observou. De Lisboa, as celebrações dos UHF vão passar, entre outras localidades, por Vila Verde de Ficalho, Monte Gordo, Cascais, Albufeira, Paredes, Almeirim, Barcelos, Vale de Cambra ou Fundão.

ver mais vídeos