Televisão

"Conta-me como foi" regressa em dezembro à RTP1

"Conta-me como foi" regressa em dezembro à RTP1

É um dos projetos-âncora da RTP, ainda não tem data de estreia, mas irá, seguramente, para o ar no início de dezembro. Protagonizado por Rita Blanco e Miguel Guilherme, "Conta-me como foi" tinha parado no 25 de Abril de 1974 e volta agora na década de 80, com a família Lopes mais modernizada e adaptada a um Portugal pronto para entrar na Comunidade Europeia.

"Tenho gostado imenso de ler os episódios e isso é raro. Depois, somos uma família! Isto não está a ser feito a monta-cavalos como as novelas", congratula-se Rita Blanco, confessando: "No fim de cada episódio tenho ficado com lágrimas nos olhos". Miguel Guilherme é o patriarca da família: "Os Lopes estão agora em 1984, já num bairro novo. A história vai confundir-se com o Portugal dessa época", diz o ator ao JN.

A par do "Conta-me", a série "Sul" promete vir a dar que falar. Retrata Portugal em plena crise financeira de há quatro anos e reúne Adriano Luz, Margarida Vila-Nova, Afonso Pimentel e Jani Zhao. "É uma série inovadora. Traz uma ideia diferente e o conceito que, apesar da crise, pode haver humor numa altura mais difícil", diz a atriz luso-chinesa. "Sul" estreia no dia 28, às 21 horas.

As séries "Luz vermelha", "Auga seca", "Terra nova" ou "A herdade" são outras apostas da estação pública.

Palmeirim em quatro frentes

Depois do "I love Portugal" Filomena Cautela tem um novo projeto: "O jogo de todos os jogos" estreia a 12 de outubro. Um dia depois vai para o ar o "The Voice Portugal", com Diogo Piçarra e António Zambujo a juntarem-se às mentoras Aurea e Marisa Liz. Vasco Palmeirim também tem mais um projeto e, além do "Joker", do "The Voice" e do "I love Portugal" conduz "Alta fidelidade", que reúne atuações ao vivo de José Cid, Jorge Palma, Rui Veloso ou Xutos&Pontapes.

O "Telejornal" faz 60 anos e o pivô, José Rodrigues dos Santos, elogia a data. "É o programa mais antigo da RTP. Tenho 28 anos deste noticiário e a motivação é a mesma. É um momento importante da vida dos portugueses", diz.

Outros Artigos Recomendados