O Jogo ao Vivo

Artes/Etc

Na segunda edição do DesignAgorà vivem-se e abandonam-se utopias

Na segunda edição do DesignAgorà vivem-se e abandonam-se utopias

Ciclo de cinema documental dedicado ao design e à arquitetura arrancou esta quinta-feira no Porto e estende-se até domingo 5.

DesignAgorà nasceu em 2019 aquando da primeira edição da Porto Design Biennale, que a Câmara de Matosinhos organizou, com Itália como país em foco. A ASCIP Dante Alighieri, instituição cultural italiana portuense, quis participar.

O evento decorre de dois em dois anos. Esta segunda edição do ciclo de cinema documental dedicado ao design e à arquitetura, que acontece de 2 a 5 de dezembro, conta com várias parcerias. Angelo Arena, presidente da ASCIP Dante Alighieri, enumera-as: "ESAP, ESAD Matosinhos, FAUP, ESMAE, IULM Milão". A que se junta um apoio da Direção-Geral das Artes.

O tema deste ano é "Li(ea)ving utopia". A diretora artística do evento, Francesca Vita, explica que o jogo de palavras "é uma provocação e um desafio que queremos fazer ao público".

Excetuando a sessão de encerramento, que acontecerá no Átrio da Baleia, na Galeria da Biodiversidade do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, todos as atividades acontecem na Casa Comum da Reitoria da Universidade do Porto. No último dia é inaugurada a exposição "In-between this and something else", com fotografias de Nuno Cera e instalação sonora de Rui Farinha, que pode ser vista até 15 de janeiro de 2022. Serão entregues prémios às curtas-metragens participantes e, no encerramento, projeta-se "A cidade de Portas", filme sobre o arquiteto, urbanista e professor Nuno Portas.

Uma das novidades desta edição é o podcast "Ecos do futuro". Arrancou no passado dia 29 e prossegue até sábado 4. Esta sexta-feira e sábado 4 será também dedicada a micro-metragens de alunos,​ - é o Estúdio Utopia.

O miolo do certame contém duas estreias nacionais ("Americanville" e "The tilted block of flats") e dois filmes em exibição pela primeira vez na Invicta ("Planet City" e "A cidade de Portas"). Completam o programa "The lightbulb conspiracy", "Unfinished spaces", "Superdesign. Italian radical design" e "The Pruitt-Igoe myth".

PUB

Paolo Andreoni, produtor e coordenador do DesignAgorà, diz que com esta segunda edição conseguiu alcançar feitos que não julgava realizáveis: "Uma Agorà, uma praça, um discurso para a praça". Já Francesca Vita refere que um dos objetivos próximos é começarem a fazer edições anuais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG