Cinema

70 filmes a concurso na Festa Mundial da Animação

70 filmes a concurso na Festa Mundial da Animação

A premiada realizadora britânica Joanna Quinn é homenageada na 20ª edição da Festa Mundial da Animação, que começa este segunda-feira em Amarante.

A 20.ª edição da Festa Mundial da Animação, realizada pela Casa da Animação, começa esta segunda-feira em Amarante. Até ao dia 31 deste mês, são esperadas várias sessões de cinema, workshops, exposições, debates e masterclasses.

Este ano, a realizadora em destaque é Joanna Quinn. A cineasta britânica, que será responsável por uma masterclass e uma oficina de animação, tem também uma exposição intitulada "Drawing the line".

O título da mostra dá ainda nome a uma retrospetiva cinematográfica. O seu mais recente filme, "Affairs of the art", premiado no Festival Internacional de Curta-Metragem de Clermont-Ferrand, em França, é um dos filmes a exibir durante o festival.

Com direção artística do produtor e realizador Abi Feijó - cofundador da Casa da Animação e presidente da Associação Internacional do Cinema de Animação -, a cidade de Amarante é uma das 40 cidades do mundo onde se assinala o Dia da Animação. É o dia em que se celebra a data em que Charles-Émile Reynaud (1844- 1918) projetou "Pauvre pierrot" no Museu Grévin, em Paris, o primeiro filme de animação.

"Criada para formar e sensibilizar novos públicos, a Festa Mundial da Animação aposta na proximidade com a comunidade, através de ações de natureza cultural que proporcionam o contacto com obras e autores, e a experimentação através de oficinas e encontros", pode ler-se no site da autarquia de Amarante.

O certame divide-se em três categorias: Filmes de Profissionais, Filmes de Escolas e Filmes de Oficinas e o Prémio do Público, ao qual concorreram mais de 70 filmes.

PUB

A programação conta ainda com três longas-metragens de animação: "O nariz e a conspiração dos dissidentes", do animador russo Andrey Khrzhanovsky, "A cidade dos piratas" e "O touro Ferdinando", dos brasileiros, Otto Guerra e Carlos Saldanha.

O festival vai espalhar-se por diferentes espaços da cidade, como o Museu Amadeo de Souza-Cardoso, a Antiga Casa da Cadeia, o Cinema Teixeira de Pascoaes, a Biblioteca Municipal Albano Sardoeira - Pólo de Vila Meã, o Colégio de São Gonçalo, a Casa da Juventude ou a Casa da Portela e a Gatilho - Associação Cultural.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG