Exclusivo

A longa espera terminou. Discos de José Afonso regressam ao mercado

A longa espera terminou. Discos de José Afonso regressam ao mercado

Edição digital do primeiro disco marca o arranque de um ambicioso plano que prevê conquista de novos públicos.

Indisponível nas lojas há vários anos, a obra discográfica de José Afonso começa finalmente esta sexta-feira - data em que se celebra o Dia Mundial da Música - a ser reeditada. Para já, vai ser lançada apenas uma edição digital de "Cantares de andarilho", o seu primeiro álbum de originais, mas até final do próximo ano toda a obra estará disponível em três formatos (vinil, digital e CD), colocando termo a uma ausência nos escaparates que muito penalizou a circulação recente das suas músicas, sobretudo junto das novas gerações.

O plano de edições até ao final do ano vai debruçar-se sobre os três primeiros discos ("Cantares de andarilho", "Contos velhos, rumos novos" e "Traz um amigo também"), editados entre 1968 e 1970, prevendo-se que os restantes oito saiam mensalmente a partir de março de 2022.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG