Sugestões

A qualidade dos Sauvignon Blanc

A qualidade dos Sauvignon Blanc

Dois vinhos brancos autênticos e distintos, que demonstram a capacidade nacional

A casta Sauvignon Blanc tem ganho alguma expressão nos últimos anos em Portugal. Não só pelo seu reconhecimento internacional, mas também pelas suas características tão próprias na elaboração de vinhos de qualidade.

É uma casta multifacetada e versátil, que pode dar-nos vinhos com estilos muito diferentes pelo Mundo, consoante o seu terroir: do Pouilly-Fumé, no Vale do Loire, à baía de Cloudy Bay, na Nova Zelândia, ou ao Valle de Casablanca, do Chile, mas sempre com a mesma essência. Em Portugal, já está difundida de norte a sul. Do Douro, onde existem há alguns anos duas grandes referências - Três Bagos de Lavradores de Feitoria e Quinta de Cidrô - passando pelo Minho e também com forte expressão em Lisboa e Tejo. No Alentejo, onde há um bom número de referências com muito fruto tropical no nariz, é na Costa Vicentina onde a casta ganha outros contornos, com a influência do Oceano Atlântico. Os vinhos Vicentino e Cortes de Cima são excelentes exemplos da mineralidade que a casta pode alcançar, chegando mesmo a sentir- -se o salgado na boca.

Selecionei dois vinhos, mas poderiam ser tantos outros portugueses, porque em Portugal também temos e sabemos trabalhar bem a casta, obtendo vinhos autênticos e distintos.

Soalheiro | Sauvignon Blanc | 2018 | PVP.: 12,49 €

Um produtor exímio quando falamos em Alvarinho, que na sua incessante busca pela descoberta e inovação, lança a primeira edição do Soalheiro Sauvignon Blanc com a colheita de 2018, aliando 30% de Alvarinho.

Vicentino Reserva Sauvignon Blanc | 2018 | PVP.: 10,80 €

O Vicentino Sauvignon Blanc é uma versão um pouco diferente do habitual, já que aqui a fermentação é em barricas de carvalho, onde permanece 9 meses. Bastante expressivo o Sauvignon Blanc nas suas notas de espargos e maracujá subtil, vibrante na boca. Vinho sublime!