Cinema

Academia retira nomeação a Oscar a candidato na melhor mistura de som

Academia retira nomeação a Oscar a candidato na melhor mistura de som

A Academia de Hollywood retirou a nomeação ao Oscar a Greg P. Russell, na categoria de melhor mistura de som, pelo filme "13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi", por violação das regras de promoção dos prémios de cinema.

Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, nos Estados Unidos, refere, em comunicado, que Russell telefonou aos seus colegas da área do som na instituição para os alertar para o seu trabalho no filme.

Segundo a Academia, trata-se de uma violação das regras de promoção dos prémios, que proíbem o 'lobby' telefónico, o exercício de influência com o propósito de interferir nas decisões dos membros da instituição.

A presidente da Academia de Hollywood, Cheryl Boone Issacs, assegurou que a decisão foi tomada após "uma minuciosa reflexão".

No comunicado, a instituição esclarece que a nomeação ao Oscar de Melhor Mistura de Som se mantém para os restantes colegas de Russell no filme "13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi".

A 89.ª cerimónia de entrega dos Oscars realiza-se hoje, no teatro Dolby, em Los Angeles, com o musical "La La Land" a ser o filme favorito, com 14 nomeações.