Exposição

Coleção de objetos de Lauro António exibida na data dos seus 80 anos

JN

O cineasta tinha uma grande ligação a Setúbal.

Foto Paulo Alexandrino/global Imagens (arquivo)

Fotografias, prémios, livros e desenhos são algumas das peças pessoais para conhecer, no Fórum Luísa Todi, em Setúbal, cidade com a qual o cineasta tinha uma grande ligação.

O realizador e crítico de cinema Lauro António (1942 - 2022) faria 80 anos esta quinta-feira, dia 18 de agosto, e a data será evocada, em Setúbal, com uma exposição de objetos pessoais reunidos por ele ao longo da sua carreira. O cineasta foi um dos fundadores do Festival Internacional de Tróia e construiu uma forte ligação à cidade sadina, com a qual colaborou regularmente na área do cinema, com um programa regular de masterclasses no Fórum Luísa Todi.

É numa vitrina no átrio desse espaço municipal onde foi promovido esse projeto de aproximação do público aos grandes clássicos da Sétima Arte que estará patente, a partir deste sábado e até ao último dia de agosto, a mostra que evoca a memória de Lauro António. Entre as peças expostas, estarão fotografias cartonadas dos seus filmes "Manhã Submersa" e "O Vestido Cor de Fogo", o Troféu Nova Gente para o Melhor Filme de 1981, atribuído a "Manhã Submersa"; o Prémio Sophia Carreira 2018, da Academia Portuguesa de Cinema; e a condecoração como Grão-Mestre das Ordens Honoríficas Portuguesas, pela Presidência da República, em 2018.

Também estarão em exibição exemplares de livros seus, como das primeiras edições de "A Encenação" e "A Memória das Sombras"; o storyboard de um filme publicitário; e, o programa, fotografias de grupo e os figurinos, desenhados por si, da peça "A Encenação", levada à cena pelo Teatro de Animação de Setúbal no Fórum Luísa Todi.

As Masterclasses da História do Cinema promovidas pelo cineasta,, com periodicidade regular a todas as segundas-feiras, fidelizaram o público ao longo de mais de 420 sessões, segundo informações da Autarquia sadina. Lauro António esteve presente em quase todas, partilhando com a plateia curiosidades sobre os filmes e a respetiva contextualização histórica e social. O cineasta doou a sua coleção particular ligada ao cinema, audiovisual e imagem ao Município de Setúbal, que em 8 de maio de 2021 inaugurou a Casa das Imagens Lauro António - Biblioteca, Mediateca e Arquivo com aquele acervo.

Condecorado com a Ordem do Infante D. Henrique, entre várias outras homenagens, Lauro António recebeu a Medalha de Honra da Cidade de Setúbal, na Classe Atividades Culturais, em 2020. O realizador faleceu em fevereiro deste ano, na sua casa de Lisboa, de onde era natural. O Fórum Luísa Tódi está aberto de terça a sábado, das 13.30 horas às 19.30 horas.