Premium

André Guiomar: "Chorei a filmar no Aleixo"

André Guiomar: "Chorei a filmar no Aleixo"

Documentário de André Guiomar sobre a comunidade do bairro da Invicta ganha prémio em Bilbau e estreia segunda-feira no Porto/Post/Doc.

Quando se estrear na segunda-feira à noite no Porto/Post/Doc, o novo filme de André Guiomar "A nossa terra, o nosso altar" já chega premiado. O retrato dos moradores do demolido e problemático Bairro do Aleixo, no Porto, fundado na perda sentida pela comunidade, chamou à atenção do júri do ZINEBI 62, o Festival Internacional de Cinema Documental e Curta Metragem de Bilbau e que atribuiu ontem ao trabalho do autor português o prémio destinado a uma primeira obra.

André Guiomar, que tem no documentário a sua primeira obra de longa duração, confessa ao JN que foi parar ao Aleixo quase por acaso. "Estava na altura como assistente do Luís Vieira Campos, que tinha feito um trabalho maravilhoso com o [a curta, também sobre o Aleixo] "Bicicleta" e que conhecia bem aquele bairro como comunidade. Quando surgiu a oportunidade de filmar fomos para campo".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG