Cultura

Apoios a profissionais da Cultura avançam no fim do mês

Apoios a profissionais da Cultura avançam no fim do mês

Os profissionais do setor que queiram ter acesso aos apoios incluídos no programa "Garantir Cultura" vão poder candidatar-se já a partir do final deste mês. A garantia foi dada esta terça-feira pela ministra da Cultura, ouvida na Assembleia da Repúblic, no âmbito da Comissão de Cultura e Comunicação.

A cumprir-se a promessa avançada nesta terça à tarde pela ministra da Cultura, os milhares de profissionais do setor vão poder ter acesso a um pacote de apoios dentro de algumas semanas.

"Até final do mês estarão disponíveis os requerimentos e a plataforma necessária para submeter uma candidatura em cinco minutos", afirmou Graça Fonseca, que apontou para a mesma altura a aprovação em conselho de ministros da rede de teatros e cineteatros.

A plataforma prometida pelo Governo irá permitir a gestão do programa "Garantir Cultura", com a divulgação das regras que permitem o acesso aos 438 euros de apoio.

"Contamos que já seja possível avaliar em março as candidaturas e a respetiva validação", completou.

Por responder ficou a aprovação do estatuto de intermitente dos profissionais da Cultura, uma reivindicação de longa data do setor. Em dezembro, Graça Fonseca prometeu que a aprovação aconteceria até final desse mês, o que acabou por não se verificar.

Aos deputados, a tutelar da pasta revelou ainda que aproximadamente dois terços dos 42 milhões de euros (correspondentes a 30 milhões) do novo programa de emergência ao setor artístico vêm de verbas comunitárias, enquanto o Fundo de Fomento Cultural assegura os 12 milhões em falta.

PUB

A situação grave por que passam as livrarias, encerradas desde o passado dia 15, esteve também em cima da mesa. Graça Fonseca revelou que tem previstas para esta quarta reuniões com as associações setoriais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG