Arte do Dia

As coisas que se fazem por amor

As coisas que se fazem por amor

Selena Gomez e um corte de cabelo. Lisa Robinson e um apartamento. Antígona e uma desgraça. Miuccia Prada e os extraterrestres. St Vincent e a nostalgia. Vamos daqui para fora.

Esta semana já havia sido abrilhantada por um tema de Selena Gomez incluído no EP "Revelación", que é lançado hoje. Um disco todo cantado em espanhol à exceção de "Selfish love", uma colaboração com DJ Snake. Os fragores tropicais são bem-vindos e jura-se que a escolha, com um vídeo rodado num salão de cabeleireiro, nada tem a ver com a iminente reabertura dos ditos em território português.

Casas assim não costumam passar pelos incontáveis de programas de televisão dedicados a imobiliário e decoração: a jornalista americana Lisa Robinson vive no mesmo apartamento, na Upper East Side nova-iorquina, desde 1976, e jura que o T2 se mantém basicamente inalterado desde então. Robinson abriu as portas ao site "Curbed", da revista "New York". Toda a inveja é permitida.

Hoje é dia de estreia na Sala Online do Teatro Nacional D. Maria II. Uma estreia assente numa obra basilar: "Antígona", tragédia grega escrita por Sófocles, um capítulo da trilogia tebana, braço de ferro que envolve laços de sangue (os da personagem titular e dos seus irmãos, Etéocles e Polinices, filhos do monarca Édipo) e luta pelo poder (envolvendo a casa real de Tebas, de Antígona e da irmã que lhe resta viva, Ismena, e o tio destas, Creonte, que governa a cidade-estado). A versão que chega ao palco virtual é encenada por Mónica Garnel e interpretada por André Simões, Carolina Passos-Sousa, Diana Lara, Isaías Viveiros e João Grosso, entre outros, e inaugurou a temporada 2019-20 do D. Maria II. Tem tempo de antena online até 26 de março.

A coleção outono-inverno 2021 de Miuccia Prada, apresentada no manto branco e montanhoso de Cortina d"Ampezzo, no nordeste de Itália, é um acumular de salpicos volumosos, coloridos, alienígenas.

"Daddy's home", o novo álbum de St Vincent, está prometido para 14 de maio. É lá que reside "Pay you way in pain", da escola pop-rock arty e descentrada de David Bowie. Uma espécie de nostalgia, rumo ao fim de semana.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG