Exclusivo

Aveiro: filas à porta da igreja para espetáculo de dança

Aveiro: filas à porta da igreja para espetáculo de dança

Paróquia da Vera Cruz deu início a projeto que transforma templos em palcos artísticos para envolver a comunidade e dar a conhecer espaços religiosos.

Sophia, Matilde e outras dançarinas rodopiam no centro da capela do Senhor das Barrocas, em Aveiro. Em seguida sentam-se e gritam as diferentes facetas de Hildegarda de Bingen, a "mulher poderosa" cuja história de vida dançam e que, em 2012, o Papa Bento XVI proclamou doutora da Igreja: foi teóloga, cientista, compositora, poeta, humanista. Anteontem à tarde, em vez de sermões e rezas, aquele templo da paróquia da Vera Cruz foi palco de um espetáculo artístico que permitiu abrir a casa de Deus a outros públicos. A procura foi tal que as dançarinas tiveram de repetir três vezes. Só assim foi possível encaixar a longa fila que se formou no exterior do templo.

Suzana Rosas, a professora que ensaiou as jovens, recuperando um trabalho artístico que havia sido apresentado há ano e meio no Festival dos Canais, acredita que foi um bom palco. "As igrejas fazem parte da nossa história e acho fantástico levar a arte a estes sítios para que as pessoas, mesmo não sendo religiosas, os possam conhecer e vejam a sua beleza", explica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG