Exclusivo

Braço de ferro no "Sá da Bandeira" sem fim à vista

Braço de ferro no "Sá da Bandeira" sem fim à vista

Livraria Lello formalizou compra do teatro há um ano, mas arrendatários afirmam que não ponderam sair.

Tarda em sair do papel o "projeto multidisciplinar" anunciado pela Livraria Lello aquando da formalização da compra do Teatro Sá da Bandeira (TSB), no Porto, em junho do ano passado, pelo valor de 3,5 milhões de euros.

Na altura, a administradora da histórica livraria, Aurora Pedro Pinto, revelou "o sonho louco" que passava pela "união de dois monumentos centenários no Porto", criando "um conjunto de patrimónios ligados à cultura".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG