Dança

Canadiana Marie Chouinard encerra GUIdance

Canadiana Marie Chouinard encerra GUIdance

Há 17 anos, começou uma história de encantamento entre Portugal e a coreógrafa canadiana Marie Chouinard. Este fim de semana, são dela as honras de encerramento do 10.º GUIdance- festival de dança contemporânea, com um programa duplo que pisca o olho à história da dança em Portugal.

"A sagração da Primavera" é a primeira peça deste programa. Em 2004, sobre o mesmo espetáculo, o Jornal de Notícias contava: "Reinventar uma obra-prima é tarefa prodigiosa,"A Sagração da Primavera" de Marie Chouinard é uma genial reinvenção de Nijinsky. Chouinard propôs-se a fazê-lo e triunfou. O lado folclórico extremamente exacerbado, por figurinos e cenários riquíssimos e coloridos, aniquila-se na versão de Chouinard de figurinos reduzidos, negros e corpos nus. Resta-nos a dança, crua, uma peça muito física, brutal, com um jogo de luz muito bem conseguido". À época, os intérpretes eram o Ballet Gulbenkian, que se apresentou no Teatro Nacional de S. João, no Porto, numa antecâmara do que viria a ser a sua extinção, em 2005.

Rui Torrinha, programador do GUIdance, quis assinalar este marco na história da dança portuguesa e programar esta peça, que se tornou determinante no repertório do Ballet Gulbenkian e que acabou por ter uma larga digressão na Alemanha.

As oportunidades para ver obras de Chouinard foram aparecendo, timidamente, em Portugal, ao longo dos anos, com o seu próprio coletivo. Em 2006, a Cie Marie Chouinard passou pelo Centro Cultural Belém (CCB) com uma obra feita por encomenda para o Festival Internacional de Dança Contemporânea, da edição de 2005, da Bienal de Veneza. Ao Teatro Nacional de S. João, no Porto, regressou em 2009, ao ciclo "Dancem!09", com "Orphée et Eurydice", que teve também récitas no teatro Viriato, em Viseu.

Recentemente, em 2018, veio com um novo programa ao CCB . "Henri Michaux: Mouvements", inspirada no pintor belga, projetava os seus trabalhos no fundo de cena. A obra será agora reposta no programa duplo que se encerra este sábado o GUIdance.

O espetáculo está agendado para sábado às 21.30 horas. No final haverá uma conversa com a coreógrafa.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG