25 de Abril

Chico Buarque: "Não descerei a Avenida, mas cantarei, alto e bom som, Grândola, Vila Morena"

Chico Buarque: "Não descerei a Avenida, mas cantarei, alto e bom som, Grândola, Vila Morena"

A cerimónia de entrega do Prémio Camões ao músico brasileiro Chico Buarque estava marcada para este dia de 25 de abril, em Lisboa, mas foi adiada devido à pandemia da Covid-19. O cantor, ainda assim, assinalou o dia com uma mensagem na página do Facebook.

O cantor e compositor brasileiro, Chico Buarque, iria receber, este sábado, o prémio Camões, em Portugal. A data coincidiria com o 46º ano aniversário da Revolução dos Cravos. O momento foi travado pela pandemia pelo novo coronavírus.

Do outro lado do oceano, em solo brasileiro Chico Buarque gravou uma mensagem em vídeo, para Portugal: "Infelizmente, não estou aí. Não haverá entrega de prémios nem descerei com vocês a Avenida [da Liberdade, em Lisboa], mas esta tarde deixarei cravos vermelhos na janela e cantarei, alto e bom som, a "Grândola, Vila Morena", de Zeca Afonso".

Chico Buarque, de 75 anos, ainda não sabe quando virá a Portugal receber o prémio Camões. A data foi adiada devido à pandemia, mas a nova data ainda não foi anunciada.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG