Cultura

Coliseu do Porto sob "Balas & bolinhos"

Coliseu do Porto sob "Balas & bolinhos"

Um dos grandes fenómenos do cinema português é transportado para o teatro. As cenas mais hilariantes de "Balas & bolinhos" estão esta sexta-feira e sábado, às 21.30 horas, no Coliseu do Porto. A 30 deste mês, no de Lisboa.

O espetáculo "Balas & bolinhos - mesmo à frente do teu focinho!" promete "a recriação, ao vivo, das cenas mais hilariantes dos três filmes e outras cenas totalmente inéditas e divertidas".

A peça conta com a participação dos quatro principais atores dos filmes, que protagonizam a famosa quadrilha: Jorge Neto (Rato), Luís Ismael (Tone), JD Duarte (Culatra) e João Pires (Bino). Um punhado de convidados especiais e momentos musicais também estão no cardápio.

A organização sublinha que estas três apresentações constituem "a última oportunidade para os fãs verem a quadrilha em ação".

Tendo em conta o estrondoso êxito que a trilogia granjeou nas salas de cinema não admira que os bilhetes para as duas noites no Coliseu do Porto já estejam quase esgotados. A meio da tarde de quinta-feira, só restavam bilhetes para a galeria e para a geral da apresentação desta sexta-feira, com preços a 16 e 18 euros.

"Balas & bolinhos - mesmo à frente do teu focinho!" está classificado para maiores de 18 anos e tal não é razão de espanto: quem viu os filmes já testemunhou a linguagem solta que ali predomina.

Os diálogos desengatilham-se numa abundante sequência de vernáculo e palavrões - tal facto pode desagradar a muitos, ao mesmo tempo que se afigura hilariante para outros. Ou seja, é tudo temperado com conversa de rua, por vezes hiper-realista e hiperbólica.

As três longas-metragens "Balas & bolinhos" não são "cinema sério" - o que quer que isso seja -, mas revelaram-se um fenómeno de culto e de êxito pouco habitual em Portugal.

Em 2000, o realizador Luís Ismael concebeu o primeiro filme em vídeo, sem dinheiro e "com um espírito de desenrasca". A obra, que narra "as pequenas tropelias de um grupo de cromos nortenhos apostados em ter sucesso no mundo do crime", foi de tal forma bem recebida que, em 2004, o segundo filme conseguiu, com apenas sete cópias, levar 58 mil pessoas às salas.

Em setembro passado, o último da saga rebentou com todos os números e foi o filme português mais visto em 2012.

O filme português mais visto no ano passado

"Balas & bolinhos - o último capítulo" estreou em setembro passado e foi visto por 256 mil pessoas. Foi o filme português mais visto no ano passado.

Filmagens em todo o país e no Vietname

As filmagens decorreram um pouco por todo o país e, ainda, no Vietname. O último da saga conta com um actor vietnamita.

Ainda há bilhetes para o Coliseu de Lisboa

A apresentação do espetáculo em Lisboa decorre no dia 30, no Coliseu dos Recreios. Ainda há bilhetes, com preços que variam entre os 16 e os 19 euros.