Coronavírus

Confinamento trouxe 15 milhões de clientes à Netflix

Confinamento trouxe 15 milhões de clientes à Netflix

A plataforma de conteúdos de entretenimento em streaming Netflix anunciou lucros de 709 milhões de dólares (mais de 652 milhões de euros), entre janeiro e março, duplicando os resultados obtidos no período homólogo de 2019, devido à pandemia.

De acordo com os resultados publicados terça-feira sobre os primeiros três meses de 2020, consultados pela agência espanhola Efe, a empresa norte-americana também registou mais de 15 milhões novos subscritores, por causa das medidas de isolamento tomadas pelos Estados para prevenir a propagação da pandemia da doença provocada pelo SARS-CoV-2.

Mas o futuo, ainda assim, é incerto para a empresa. Numa carta aberta aos acionistas, o serviço alerta que parte do crescimento registado em temo de pandemia deverá ser um adiantamento do aumento das subscrições previsto para os próximos anos. O salto agora foi grande, mas depois o crescimento deverá abrandar. "Estamos conscientes de que somos afortunados por ter um serviço que é ainda mais importante para as pessoas fechadas em casa e que podemos operar remotamente com mínima disrupção no cruto a médio prazo", lê-se na carta.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG