Exclusivo

Contra o absurdo e a violência da guerra, o tiro certeiro da música

Contra o absurdo e a violência da guerra, o tiro certeiro da música

Meio musical mobilizou-se no apoio às vítimas do conflito. Dezenas de artistas participam em galas solidárias.

Não eram mais de 20, mas nunca terão soado por tantos, os músicos da Orquestra Sinfónica de Kiev que, há duas semanas, interpretaram o hino nacional do seu país na praça central da capital ucraniana.

Com as forças russas a poucos quilómetros de distância e a ameaça omnipresente dos bombardeamentos, a orquestra reeditou o gesto da congénere londrina que, mesmo no auge dos ataques alemães na Segunda Guerra Mundial, nunca cessou a atividade, percorrendo o país em digressões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG