O Jogo ao Vivo

Cultura

Adesão ou aderência, insonso, insosso e insulso

Adesão ou aderência, insonso, insosso e insulso

Na nossa língua, os nomes "adesão" e "aderência" tiveram uma história comum, pelo menos desde o século XVI, embora provindo de nomes latinos diferentes: "adhaesione" e "adhaerentia".

Efetivamente, estas palavras sempre exprimiram uma ideia de ligação ou mesmo de união, presente no verbo "aderir". No entanto, a palavra "aderência", além do seu significado específico na matemática - «reunião do interior com a fronteira de um conjunto» - ou na mecânica - «atrito entre os pneus e o pavimento» -, adquiriu, atualmente, um sentido mais físico, quando pretendemos significar a união entre duas superfícies contíguas.

Quanto à palavra "adesão", o seu significado atual remete-nos para uma atitude de aprovação, de concordância ou de apoio a uma causa, a uma ideia, a um partido ou movimento. Assim, diremos, por exemplo, que uma greve teve grande adesão dos trabalhadores.

Os adjetivos "insonso", "insosso" e "insulso", provenientes do latim "insulsu" (não salgado), significam que não tem sal na quantidade necessária, que é insípido. Estes adjetivos são sinónimos, isto é, têm o mesmo significado. Sendo assim, podemos dizer que a comida está insonsa / insossa ou insulsa.

De facto, em latim, "sulsus" significava "gosto" e "insulsus" designava a falta de sal. Atualmente, "insulso" existe em português, com o mesmo sentido de "insosso", mas "sulso" desapareceu e "sosso" nunca existiu.

* Professora de Português e formadora do acordo ortográfico

jn.acordoortografico@gmail.com

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG