Cultura

Editor destaca "qualidades humanas e literárias"

Editor destaca "qualidades humanas e literárias"

Manuel Rosa, editor da Assírio & Alvim, afirmou ao JN não ter ficado surpreendido com a escolha de Manuel António para Prémio Camões 2011.

"O que é mais espantoso nele é que as qualidades literárias e humanas são equivalentes e ambas elevadas. É muito raro isso acontecer", afirmou o editor, que apelida de "grande amizade" a relação que o liga ao autor de "Algo parecido com isto, da mesma substância". "Foi uma alegria enorme receber a notícia do prémio. É justíssimo", sublinhou.

Desde meados dos anos 90. a Assírio & Alvim - editora de cujo catálogo fazem parte as obras de poetas como Herbeto Helder, Mário Cesariny, Al Berto e Alexandre O'Neill - publicou uma dezena de títulos do poeta, entre os quais "Os livros" (poesia), "Os papéis de K." (ficção) e "Perguntem aos vossos gatos e aos vossos cães" (infanto-juvenil).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG