O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Em Rabo de Peixe a música é audível e silenciosa

Em Rabo de Peixe a música é audível e silenciosa

De olhar fixo no maestro e com as mãos firmes nas baquetas, Maria do Carmo Silva imprime cada nota no bombo com precisão. O som grave é quase impercetível para a açoriana de 46 anos, que nasceu surda, mas nem por isso deixa de fazer música. As vibrações do chão de madeira enchem-lhe os olhos, ouvidos de quem não ouve, para entrar no ritmo dos restantes instrumentos.

Com a banda que integra desde abril, Maria do Carmo Silva viaja agora até ao continente, para atuar amanhã no Rock in Rio Lisboa. O grupo Som Sim Zero, composto pela Associação de Surdos da Ilha de São Miguel (ASISM), pela Escola de Música de Rabo de Peixe e pelo coletivo artístico ondamarela quer mostrar que a música não tem barreiras e que pode ser audível e silenciosa, recheada de línguas faladas e gesticuladas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG