Exclusivo

Envio de originais para editoras bate recorde

Envio de originais para editoras bate recorde

Período de confinamento fez aumentar as propostas de livros, mas só uma parcela ínfima foi aceite pelos responsáveis das editoras.

As editoras portuguesas receberam um número recorde de propostas de publicação de livros no último ano, embora o aumento não tenha atingido a mesma dimensão em todas, ao variar entre os 10% e os 30%, segundo a amostra recolhida pelo JN.

Ana Afonso, diretora editorial do Grupo 2020, justifica este aumento como uma "consequência do maior tempo livre que muitos portugueses passaram a ter, com a escrita a surgir como uma das opções preferidas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG