Óbito

Escritora britânica Hilary Mantel morre aos 70 anos

Escritora britânica Hilary Mantel morre aos 70 anos

A escritora britânica Hilary Mantel, conhecida pela trilogia sobre Thomas Cromwell, iniciada com "Wolf Hall", morreu na quinta-feira, aos 70 anos, anunciou hoje a sua editora.

"É com grande tristeza que a HarperCollins anuncia que a autora de "best-sellers" Hilary Mantel morreu em paz, rodeada de familiares e amigos próximos, [quinta-feira] com 70 anos de idade", escreveu o grupo editorial. A escritora multipremiada morreu vítima de uma forma severa de endometriose.

"Hilary Mantel foi uma das maiores romancistas inglesas deste século e as suas obras são consideradas clássicos modernos", acrescentou em comunicado.

PUB

Mantel nasceu numa família irlandesa católica trabalhadora e foi educada num convento. Licenciou-se na Universidade de Sheffield.

Trabalhou num hospital geriátrico, numa loja e como assistente social, antes de se tornar escritora. Durante 10 anos, viveu na África e no Médio Oriente, que serviram de cenário para alguns de seus romances quando regressou a Inglaterra na década de 1980.

Entre outros prémios ganhou o Costa Book Awards, em 2012, com " Bring up the Bodies" e em 2013, o Prémio David Cohen.

No total, escreveu 17 livros, dos quais estão disponíveis no mercado português "Além da escuridão" e a trilogia dedicada a Thomas Crowell.

Eleita em 1990 para a Royal Society of Literature, viu os seus livros mais premiados serem adaptados aos palcos pela prestigiada Royal Shakespeare Company.

No ano passado, "O espelho e a sombra" foi também alvo de uma adaptação teatral, a cargo do Gielgud Theatre, com encenação da própria.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG