Exclusivo

Escritores portugueses em maioria na lista dos autores mais vendidos

Escritores portugueses em maioria na lista dos autores mais vendidos

Peso nacional nas obras mais procuradas no ano passado ascende a 52,5%. Dia do Livro Português assinala-se esta sexta-feira.

Num ano terrível para o setor editorial e livreiro como foi o de 2020, com uma queda acumulada de 17%, também houve espaço para notícias menos sombrias. Uma das poucas ilações positivas é a do peso que os livros de escritores portugueses têm no total das obras mais vendidas.

Segundo as tabelas de vendas de quatro das principais redes livreiras (Fnac, Bertrand, Almedina e Wook), há 21 livros nacionais nos respetivos top 10, o que equivale a 52,5%. Nesse lote de autores, há de tudo um pouco: os crónicos best-sellers (José Rodrigues dos Santos, Isabel Stilwell ou Raul Minh"Alma), fenómenos de popularidade televisiva (Cristina Ferreira e Ricardo Araújo Pereira), mas também surpresas absolutas, como foi o caso de Alexandra Vasconcelos, autora de "O poder do jejum intermitente", livro que deu origem a vários sucedâneos. E nem só as modas de ocasião e as leituras ligeiras atraíram leitores, como o demonstram dois dos títulos representados: "Rezar de olhos abertos", do cardeal e poeta José Tolentino Mendonça, e "Sentir e saber", do neurocientista António Damásio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG