Quase metade dos visitantes da Livraria Lello são espanhóis

Quase metade dos visitantes da Livraria Lello são espanhóis

Quatro em cada dez visitantes da Livraria Lello, no Porto, são espanhóis. Os dados são do próprio espaço cultural e livreiro e referem-se a 2016, ano em que foi batido o recorde de visitantes: mais de um milhão, o que perfaz quase três mil visitas diárias.

Por nacionalidades, os portugueses surgem apenas em terceiro lugar, com 15.2% dos visitantes, ligeiramente atrás dos franceses (15.9%). Seguem-se os brasileiros (6.6%), os alemães (4.6%) e os norte-americanos (3.1%).

O peso internacional também se repercute nos livros vendidos. Segundo a empresa de estudos de mercado GfK, de 1 de janeiro a 15 de dezembro de 2016, "a Livraria Lello vendeu 11.248 livros de literatura espanhola, o que representa 93,62% de todos os livros espanhóis vendidos no Grande Porto".

No mesmo período, a Livraria Lello vendeu 65,16% de todos os livros franceses (6.769 livros) e 49,89% de todos os livros ingleses (17.720 livros) vendidos no Grande Porto. Em termos globais, o total de títulos transacionados pela livraria ascendeu aos 260 mil.

Para lá dos números, 2016 foi também um ano especial para aquela que é considerada uma das mais belas livrarias do Mundo, que celebrou os 110 anos com uma minuciosa beneficiação do edifício, que incluiu reabilitação da cobertura, restauro do amplo vitral e tratamento integral da fachada.

A inauguração da Passadeira das Palavras e a festa de lançamento do novo Harry Potter, que atraiu muitos milhares de fãs, foram outros dos pontos altos de 2016 para a Lello.

ver mais vídeos