Exclusivo

Especulação de bilhetes refugiou-se nas redes sociais e grupos fechados

Especulação de bilhetes refugiou-se nas redes sociais e grupos fechados

Digital provocou mudança de paradigma e desmaterializou venda ilegal de ingressos. ASAE atenta à revenda de entradas após loucura gerada em torno do concerto dos Coldplay.

O mediatismo das ações da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) contra a venda ilegal de bilhetes para os concerto dos Coldplay - em maio do próximo ano, no Estádio de Coimbra - levou à retirada de vários anúncios em plataformas como o OLX. Isso não quer dizer que a especulação tenha desaparecido. Terá migrado para as redes sociais e para grupos fechados. A ASAE diz-se vigilante e preparada para enfrentar os desafios do novo paradigma digital.

O fenómeno da especulação tem-se mantido "mais ou menos constante", avança o inspetor-geral da ASAE ao JN, adiantando que um maior mediatismo, talvez pela relevância da banda Coldplay e do evento, possa ter dado a ideia errada de um aumento. Aliás, não há sequer indícios de especuladores profissionais, em grande parte, por falta de um caudal de eventos que permita essa exclusividade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG