Cinema

Festa do Cinema Francês chega ao Porto

Festa do Cinema Francês chega ao Porto

Há filmes para ver a partir de hoje e até dia 27 no Rivoli Teatro Municipal e no Cinema Trindade.

Desde o início de outubro que está em marcha a edição deste ano da Festa do Cinema Francês, promovendo uma espécie de Volta a Portugal de filmes gauleses, iniciada em Lisboa e já continuada em Oeiras, Almada e Coimbra. Hoje, chega ao Porto, onde apresenta uma programação variada até dia 27, no Rivoli Teatro Municipal e no Cinema Trindade, antes de partir para nova viagem por Braga, Faro, Évora e Viseu.

A Festa começa hoje à noite no Rivoli com "Adeus idiotas", vencedor de seis Césars. Virginie Efira interpreta uma cabeleireira que descobre estar gravemente doente, partindo em busca do filho, que foi forçada a abandonar quando tinha 15 anos, num percurso em que tem a companhia improvável de um homem de 50 anos, vítima de um esgotamento e um arquivista cego. No Rivoli, o programa segue na quarta 20 com "Um príncipe em apuros", uma comédia familiar de Michel Hazanavicius, com Omar Sy e Bérenice Bejo; e "Gagarine", de Fanny Liatard e Jérémy Trouilh, sobre um jovem de 16 anos que vive num bairro social de Paris e que sempre desejou ser astronauta.

Quinta, 21, a programação volta a começar no Rivoli com "Uma pequena mentira" de Julien Rappeneau, sobre um jovem que inventa a história que vai ser contratado por um grande clube de futebol inglês. Mas a mentira vai-se tornando incontrolável. No mesmo dia vê-se "Notre Dame de Paris", de e com Valérie Donzelli, que interpreta uma mulher que, em plena tempestade emocional, vence o concurso para refazer a praça em frente ao monumento que dá o nome ao filme. Este dia é ainda marcado pela chegada da Festa ao Cinema Trindade, que exibirá "Caixa negra", de Yann Gozlan, sobre a investigação em torno de um acidente aéreo; e "Uma paixão simples", de Danielle Arbid, que acompanha a relação, ao longo de meses, entre um diplomata russo, casado e a cumprir missão em Paris, e uma professora, normalmente com os pés assentes na terra.

O programa do dia 22 no Rivoli inclui "Voo para a liberdade", um filme de Nicholas Vanier já de 2019, sobre um versão passado entre um pai que anda a salvar gansos e um filho viciado em jogos vídeo; e "Os miseráveis", também de 2019, um filme de Ladj Ly que não necessita de grandes apresentações. Já no Trindade, exibe-se "Suzanna Andler", o novo filme de Benoit Jacquot, baseado na peça de Marguerite Duras, com Charlotte Gainsbourg como uma mulher de meia idade que tem de decidir entre viver com um marido infiel e partir à aventura com o jovem amante. Segue-se o documentário "Autárquica", de Thomas Paulot.

A carreira de Mia

O Rivoli fecha as portas à Festa do Cinema Francês no sábado 23, com "Um triunfo", de Emmanuel Courcol, com Kad Merad no notável papel de um ator de teatro que dirige um workshop de representação numa prisão; e "Irmãos de armas", de Caroline Fourest, sobre uma jovem que num país devastado pela guerra é sequestrada e usada como escrava sexual. Já no Trindade passa "Sob as estrelas de Paris", de Claus Drexel, com a fantástica Catherine Frot numa mulher que trabalha em bancos alimentares e encontra um garoto eritreu de oito anos.

PUB

Nos dias seguintes, o grande destaque vai para a exibição no Trindade de três filmes de Mia Hansen-Love. São eles "O que está por vir" e "Eden", exibidos no domingo 24, e "Maya", que encerra a Festa no Porto na quarta 27, depois de nova projeção do filme inaugural de Cannes, "Annette", de Leos Carax. São demonstrações da variedade do cinema francês de hoje, à descoberta no Porto nos próximos dias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG