Serralves

FITEI no "Serralves em Festa" este sábado

FITEI no "Serralves em Festa" este sábado

O Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica termina no domingo no Porto com uma peça da companhia espanhola Sol Picó, prolongando-se depois até dia 9 com as extensões em Viseu e na Guarda.

Teatro e dança juntam-se no domingo às 21.30 horas no Teatro de Carlos Alberto (TeCA) para a apresentação de "Petra, la Mujer Araña y el Puton de la Abeja Maya", da Sol Picó.

Apropriando-se das três protagonistas de "As Lágrimas Amargas de Petra von Kant", a peça que vai estar hoje em cena no Teatro do Bolhão, a companhia espanhola apresenta "um espectáculo de teatro e dança contemporânea onde amor (ou a falta dele) e monstruosidade convivem", refere a organização do Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (FITEI), em comunicado enviado à Lusa.

Assim, o FITEI encerra no Porto com uma "reflexão sobre o frágil equilíbrio emocional que atravessa as relações humanas mais intensas", encenada "numa espécie de circo em ruínas, onde estranhos monstros se cruzam com Petra, Karin e Marlene".

Na verdade, este é "um circo de freaks e de feras que vive da palavra e do movimento, numa tentativa de equilíbrio no fio da navalha"

Em palco, as "emoções destrutivas revelam-se através de uma fisicalidade visceral, que sublinha as violências que destroem o amor, como a obsessão ou o ciúme, e que se refletem no desprezo e na humilhação".

No desenvolvimento das suas monstruosidades, "as personagens acabam enroladas na teia de aranha que elas próprias vão construindo".

A 35ª edição do festival associa-se também este fim-de-semana ao Serralves em Festa, marcando presença no evento hoje e no domingo, com o espetáculo "Transports Exceptionnels", pela Companhia Beau Geste.

Esta peça do bailarino e coreógrafo Dominique Boivin está em Serralves este sábado às 16 horas e no domingo às 19.30 horas, apresentando-se como um "dueto para um bailarino e uma retroescavadora", ou seja, uma metáfora sobre o mundo em permanente construção.

"Num regresso às brincadeiras da infância, o bailarino e coreógrafo quis reviver os momentos de infância em que as proporções têm uma dimensão diferente e as ruas são um recreio extravagante. Graças ao seu tamanho gigantesco, a máquina cria uma tensão com o corpo do bailarino. É um encontro inesperado, um duo entre o homem e a máquina", explica a organização do festival.

Esta sábado, às 21.30 horas, o Teatro do Bolhão recebe a segunda apresentação de "As Lágrimas Amargas de Petra von Kant", que assinala os 40 anos da estreia da peça de Fassbinder mas a retira a ação dos anos 70.

Foi a atriz Custódia Gallego, que representa a personagem Petra Von Kant, que quis levar a peça a cena, tendo convidado, para o efeito, o realizador de cinema António Ferreira, que assinala aqui a sua primeira incursão na encenação teatral.

O que motivou o cineasta a rever o texto foi "a vontade de questionar uma sociedade talvez igual ou talvez diferente, testar as mudanças e sobretudo testar a profundidade dessas mudanças", escreve-se no comunicado, referindo que, para António Ferreira, esta é, acima de tudo, "uma história de amor, de masoquismo, de relações claustrofóbicas, de desespero" e "a história de uma mulher que está a aprender a amar".

Para a criação do universo artístico da estilista von Kant foi convidado José António Tenente, que concebeu "o sofisticado e complexo universo de criação de moda" de Petra, refere a organização do FITEI.

Esta edição do FITEI conta com várias extensões: o Teatro das Figuras de Faro (hoje e domingo), o Teatro Viriato de Viseu (a 7 de junho) e o Teatro Municipal da Guarda (a 09 de junho) acolhem a peça "Farfalle", criada pelo Teatro di Piazza o d' Occasione (Itália).

É um espetáculo "especialmente dedicado a meninos e meninas, pintores e bailarinos sobre a vida das borboletas, onde os mais pequenos são convidados a participar".

Até 24 de junho, estará patente no Centro Português de Fotografia, no Porto, a exposição "Atrás da Farsa" de Susana Neves, que consiste numa seleção de imagens a partir dos bastidores do Festival.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG