Cultura

"Foi uma surpresa enorme", diz o escritor

"Foi uma surpresa enorme", diz o escritor

O escritor Manuel António Pina, vencedor do Prémio Camões 2011, declarou-se "absolutamente surpreendido" com o galardão, que classificou como "uma forma muito generosa de reconhecimento".

"Quando me foi comunicado pelo presidente do júri, Abel Barros Baptista, talvez há coisa de três quartos de hora, eu disse-lhe justamente que era a coisa mais inesperada que eu poderia esperar. Nem sabia que o júri estava reunido, nem que o prémio ia ser atribuído hoje. Portanto, fiquei absolutamente surpreendido", disse à Lusa.

"Foi uma surpresa enorme, principalmente por me ter sido atribuído a mim. Sinto-me um bocado embaraçado, atendendo à qualidade das pessoas, ao Panteão a quem já foi atribuído anteriormente o prémio. Mas enfim... é surpreendente por isso mesmo, também", observou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG