Premium

Folio convida ao desassossego em Óbidos

Folio convida ao desassossego em Óbidos

"O tempo e o medo" foi o tema escolhido para a sexta edição do Folio - Festival Literário Internacional de Óbidos, que se inicia amanhã e se prolonga até dia 20. Ao longo de dez dias, escritores, jornalistas, políticos e comentadores vão refletir sobre as inquietações do quotidiano, num claro convite ao desassossego.

Dois anos depois da ideia ter sido amadurecida, a proposta saiu da gaveta. "Achámos que este tema era muito atual, pertinente e transversal, porque abarca um conjunto alargado de áreas da sociedade", afirma Paula Ganhão, responsável pela programação do Folio. "Os medos que sentimos em casa, como o escuro, outras fobias ou, num sentido mais geral [o medo] da guerra, das alterações climáticas, da inteligência artificial ou do futuro". O programa do Folio inclui uma reflexão sobre todas estas questões, que serão analisadas e debatidas, e pretende contribuir para um pensamento sobre o Mundo.

Este ano, o Folio vai voltar a ter uma tenda de editores e livreiros, onde existirá um auditório com 50 lugares, que será utilizado em permanência. A responsável pela programação do evento sublinha ainda a presença do presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, também poeta e escritor, que irá participar na inauguração e em diversas sessões.

Outros Artigos Recomendados