Cultura

Funeral de Ângelo de Sousa realiza-se sexta-feira às 10.45

Funeral de Ângelo de Sousa realiza-se sexta-feira às 10.45

O funeral do artista Ângelo de Sousa, falecido terça-feira à noite, no Porto, realiza-se sexta-feira, às 10.45 horas, para o cemitério do Prado do Repouso, naquela cidade.

Fonte da família disse à agência Lusa que o corpo se encontra neste momento em câmara ardente na Igreja de São João da Foz, no Porto.

Ângelo de Sousa, 73 anos, cuja obra é considerada pioneira e inovadora na história da arte portuguesa do século XX, morreu em casa, no Porto, vítima de cancro.

Ângelo César Cardoso de Sousa nasceu a 2 de Fevereiro de 1938, na antiga Lourenço Marques, hoje Maputo, Moçambique, e com 17 anos foi viver para o Porto.

Ainda muito jovem, fez a primeira exposição pública em 1959, na Galeria Divulgação, na mesma cidade, ao lado do já consagrado Almada Negreiros.

No final dos anos 1960 foi bolseiro pela Fundação Calouste Gulbenkian e pelo British Council, onde frequentou a Slade School of Art e a Saint Martin's School of Fine Art.

Nessa altura formou, com os colegas Armando Alves, Jorge Pinheiro e José Rodrigues, o grupo "Os Quatro Vintes", assim chamado por todos terem tido a classificação máxima na licenciatura.

PUB

A obra está representada em colecções particulares e nos principais museus de arte contemporânea do país, como a Fundação de Serralves, Museu Berardo, Fundação Calouste Gulbenkian e o Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado.

Aposentou-se no ano 2000 da Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto, onde tinha sido, na disciplina de pintura, um dos primeiros professores catedráticos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG