Exclusivo

Há um território desbravado com Mão de Ferro

Há um território desbravado com Mão de Ferro

"Lunatic", quarto álbum do guitarrista António Mão de Ferro, é apresentado esta quinta-feira na Casa da Música, no Porto. Músico acumulou experiências e influências até emergir com um idioma sólido e singular.

"Este é o primeiro disco que faço em que o som não podia ser de mais ninguém. É o ponto de partida para um território só meu". A convicção é de António Mão de Ferro, guitarrista e compositor com extensa carreira em bandas como GNR, Xutos & Pontapés ou Minnemann Blues Band. "Lunatic", apresentado hoje na Sala 2 da Casa da Música, no Porto, é o quarto álbum de originais.

Ao contrário de muitos projetos que atingem o zénite com a primeira obra, desvanecendo-se depois em tentativas de recuperar o espírito inaugural, Mão de Ferro pertence à categoria dos que cimentam com zelo a estrada que percorrem, aceitando permanecer na sombra o tempo necessário, acumulando experiências, integrando influências, até emergirem com um idioma sólido e singular. "Não é fácil encontrar uma linha esclarecida nos primeiros trabalhos, leva tempo a encontrar uma identidade, para que as pessoas possam dizer isto soa a Mão de Ferro", diz o músico ao JN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG