Literatura

Ilha Terceira é epicentro literário até domingo

Ilha Terceira é epicentro literário até domingo

Quarta edição do Arquipélago de Escritores arranca amanhã em Angra do Heroísmo. Com debates, entrevistas e homenagens.

Depois de um primeiro bloco de tertúlias em São Miguel, no passado fim de semana, a quarta edição do Arquipélago de Escritores, festival que se desenha entre a descoberta da tradição literária das ilhas atlânticas e a abertura a vozes continentais e internacionais, instala-se a partir desta sexta-feira e até domingo na Terceira.

"Concretiza-se o fito de apresentar a maravilhosa cidade de Angra do Heroísmo como cidade literária que é. Uma urbe que já foi habitada por muitos escritores e intelectuais e que comporta as casas onde viveram, os cafés onde se encontraram, os recantos onde se demoravam em busca de inspiração", diz Nuno Costa Santos, escritor e diretor do festival.

Propondo périplos literários, entrevistas, debates, oficinas, concertos, sessões de cinema e homenagens, como a que será dedicada ao poeta açoriano Mário Machado Fraião (1952-2010), o programa terceirense do Arquipélago dos Escritores terá convidados como Katherine Vaz e Christopher Cerf, dos EUA; Álamo Oliveira, Joel Neto, Urbano Bettencourt e Carlos Bessa, em representação do arquipélago; e Tatiana Salem Levy, Matilde Campilho e Anabela Mota Ribeiro (que irá apresentar a sua recolha de entrevistas a personalidades nascidas após o 25 de Abril, "Os filhos da madrugada"), como quota continental de escritores.

A gastronomia, os lugares e as festas de identidade e tradição serão também protagonistas deste evento de celebração da cultura açoriana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG