Ciclo Dança Iminente: Conversa Online #2

Inteligência artificial & sensorial: tentativas presentes de futurologia

Inteligência artificial & sensorial: tentativas presentes de futurologia

O futuro chega cada vez mais rápido. O toque tornou-se num dos sentidos mais importantes, tanto pela sua ausência como pela constância dos nossos dedos em ecrãs e teclados. De que forma é que a nova realidade afeta os conceitos trabalhados nas artes performativas?

De que forma substituímos humanos em palco ou tentamos suplantá-los? De que forma permanece o toque num mundo hiperdigital?

Catarina Miranda, que estreia CABRAQUIMERA, uma explosão de contemporaneidade e velocidade, simultaneamente física e tecnológica onde, na dimensão plástica do gesto, projeta o corpo a uma possibilidade de ficção; Jorge Jácome e Marco da Silva Ferreira que vão estrear SIRI - um laboratório especulativo do humano e do tecnológico, do material e imaterial - juntam-se a Luís Antunes, Catedrático do Departamento de Ciência de Computadores da Universidade do Porto e que desenvolve a sua investigação na área de cibersegurança e privacidade e a Nayse López, jornalista e curadora de artes performativas que moderará esta conversa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG