Premium

A terceira vida do Pérola Negra

A terceira vida do Pérola Negra

Antigo bar de alterne quer ser polo de difusão cultural virado para a música, artes plásticas e performance.

Na sua terceira vida, o Pérola Negra tornou-se o mais estimulante espaço noturno do Porto, conservando a memória de bar de alterne - numa decoração feita de espelhos e luzes insinuantes - e olhando o presente com uma proposta cultural diversificada e uma filosofia assente no respeito pelas diferenças e na inclusão. Juntou o ambiente mais colorido da cidade e nem sequer chegaram lá os turistas.

Encostado ao viaduto de Gonçalo Cristóvão, o local sempre pareceu "underground" - tanto pela zona, frequentada em tempos pela fauna noturna do Big Ben, como pela sua oferta, que incluía, nos anos 1980 e 1990, shows de striptease e sexo ao vivo. Era lugar de senhores engravatados que dominavam os códigos de contacto com as "odaliscas" que ali esvoaçavam, e também de jovens integrados em despedidas de solteiro, que esbugalhavam os olhos e gastavam a mesada em champanhe.

ver mais vídeos