Festival

Arctic Monkeys são o nome forte no arranque dos Nos Alive

Arctic Monkeys são o nome forte no arranque dos Nos Alive

O NOS Alive regressa esta quinta-feira ao Passeio Marítimo de Algés. São três dias de ação com mais de 120 espetáculos em cartaz.

Esgotado há cerca de um mês, o NOS Alive abre portas, esta quinta-feira, à sua 12ª edição. O Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras, espera receber até sábado cerca de 165 mil pessoas, num evento que contará com mais de 120 espetáculos, de música e comédia, distribuídos por sete palcos. Arctic Monkeys, Queens of the Stone Age e Pearl Jam são os cabeças de cartaz de um programa vasto com muito para ouvir e descobrir.

Destaques do programa

Neste primeiro dia, ainda antes da banda britânica Arctic Monkeys subir ao Palco NOS, os festivaleiros poderão assistir no palco principal aos concertos de Bryan Ferry e Nine Inch Nails.

Na sexta-feira, o programa conta com a presença dos Queens of The Stone Age e The National. Já no palco Sagres, os destaques do dia serão os concertos dos norte-americanos Eels e da banda electrónica escocesa Chvrches.

No sábado e último dia do NOS Alive, as baterias estarão apontadas para o concerto de encerramento do festival, dos Pearl Jam. Contudo, Franz Ferdinand, Alice in Chains, Jack White ou At The Drive In, são outros dos nomes mais esperados.

No que diz respeito aos portugueses, o palco principal recebe hoje Miguel Araújo. No Fado Café esperam-se António Zambujo (quinta-feira), Teresinha Landeiro (sexta-feira) ou Jorge Palama (sábado). No palco Clubbing passarão outros músicos nacionais como os The Gift, Orelha Negra, Paus ou Branko.

Novidades

Uma das grandes novidades desta edição é o alargamento do relvado artificial do festival para cerca de 40 mil metros quadrados. Em relação aos transportes, existirá um aumento de opções de saída, com 30 autocarros da Carris disponíveis até às 4h da manhã. O objetivo passa por facilitar o fluxo de movimento de espetadores entre Algés e três pontos da cidade: Marquês de Pombal, Cais do Sodré e Parque das Nações.

As saídas pelo viaduto de Algés ou pela Avenida Brasília em direção à Torre de Belém mantêm-se como nos anos anteriores - agora com uma ciclovia renovada - assim como a praça de táxis. Desde a primeira edição que o festival decorre no Passeio Marítimo de Algés, um recinto com capacidade para cerca de 55 mil pessoas.

A organização espera receber cerca de 16 mil estrangeiros, fundamentalmente espanhóis, britânicos e franceses, mas a grande fatia de bilhetes foi comprada pelo público português.

ver mais vídeos