Lisboa

Bairro Padre Cruz acolhe Festival de Arte Urbana de Lisboa

Bairro Padre Cruz acolhe Festival de Arte Urbana de Lisboa

O Bairro Padre Cruz acolhe em maio o "Muro - Festival de Arte Urbana", o primeiro deste género em Lisboa, que inclui também intervenções dispersas pela cidade.

O festival, que decorre entre 30 de abril e 15 de maio, envolve criadores nacionais e estrangeiros, e inclui várias vertentes como "intervenção artística, debate, trabalho comunitário e associativo, pedagogia, divulgação, cinema, edições e, ainda, música, animação de rua, teatro, marionetas, 'bike trial' e 'paintball'".

De acordo com fonte da Galeria de Arte Urbana (GAU), "trata-se de uma vasta programação que envolve a comunidade de arte urbana, a população do bairro, da cidade e os seus visitantes".

A GAU, que organiza o festival em parceria com a Junta de Freguesia de Carnide, convidou para curadores do festival "um conjunto de agentes culturais ligados ao universo da arte urbana", como os responsáveis pela plataforma Underdogs, Vhils (Alexandre Farto) e Pauline Foessel; a responsável, entre outros, pelo festival Wool e a iniciativa Lata65, Lara Seixo Rodrigues; um dos organizadores do Seminário Internacional de Arte e Criatividade Urbana de Lisboa, Pedro Soares Neves; o responsável pela loja e galeria Montana, Miguel Negretti; o graffiter Pariz One: e a mentora do projeto LumiARTE, Ana Vilar Bravo.

A GAU pretende que este festival "consolide o trabalho que vem sendo desenvolvido nos últimos anos, de afirmação de Lisboa no panorama mundial da 'street art', através da criação de um novo núcleo de trabalhos que marcará a renovação da intervenção artística no espaço público da cidade".

O Bairro Padre Cruz foi escolhido para acolher o festival "por reunir uma série de condições urbanísticas, arquitetónicas e logísticas, bem como um diversificado tecido social e massa associativa, que se revelaram particularmente favoráveis à concretização da iniciativa".

A programação do festival será apresentada na quarta-feira, pelas 12 horas, no Centro Cultural de Carnide, situado no Bairro Padre Cruz. A apresentação conta ainda com uma visita ao bairro, e, ao longo do dia, a realização de uma peça de arte urbana por um artista local, na fachada do edifício sede do Clube de Futebol Os Unidos, na Avenida Professor Francisco da Gama Caeiro.