óbito

Cavaco Silva elogia um dos mais talentosos músicos portugueses de sempre

Cavaco Silva elogia um dos mais talentosos músicos portugueses de sempre

O presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, lamentou, esta sexta-feira, a morte do compositor e intérprete Bernardo Sassetti, considerando-o "um dos mais talentosos músicos portugueses de sempre".

O corpo de Bernardo Sassetti, compositor e pianista de 41 anos, foi encontrado na quinta-feira, pela polícia marítima, na zona do Abano, no Guincho.

Numa mensagem de condolências enviada à família do pianista, Cavaco Silva afirma que sentiu "profunda consternação" ao tomar conhecimento da morte de Bernardo Sassetti.

"A solo ou acompanhado, sobressaía sempre o seu virtuosismo, quer interpretasse composições suas ou de outros. Nas suas inúmeras atuações em Portugal e no mundo, Bernardo Sassetti foi sempre um embaixador da nossa cultura", acrescenta o Presidente da República na mensagem.

Para Cavaco Silva, "o desaparecimento tão prematuro [de Bernardo Sassetti], deixa a música e a cultura portuguesas consideravelmente mais pobres. Fica a sua obra e a certeza do seu enorme talento".

Conteúdo Patrocinado