Vídeo

"Destruir também é criativo": Bansky mostra como surpreendeu num leilão

"Destruir também é criativo": Bansky mostra como surpreendeu num leilão

"O impulso de destruir também é um impulso criativo". Foi a citar Picasso que o artista de rua britânico Bansky mostrou, através de um vídeo na rede social Instagram, como preparou a obra que se autodestruiu, na sexta-feira, num leilão em Londres.

A pintura a spray "Rapariga com balão vermelho", de 2006, é um dos trabalhos mais conhecidos do artista e autodestruiu-se depois de ter sido leiloada por mais de 1 milhão de libras (quase um milhão e 200 mil euros).

Assim que a venda foi confirmada, a pintura começou a "descair" da moldura e ficou danificada através de um triturador que estava escondido.

No vídeo que publicou no Instagram, Bansky explica que "há uns anos" construiu e escondeu o triturador dentro da moldura, para o caso da obra "alguma vez ser leiloada". Depois das imagens da preparação do engenho, vêem-se também os momentos durante o leilão.

Antes de publicar o vídeo, o artista tinha colocado na mesma página uma foto com a legenda "Going, going, gone..." (a ir, a ir, foi).

Reconhecido em todo o Mundo pelos trabalhos de arte urbana, o famoso artista de Bristol mantém a sua identidade desconhecida.