Premium

Duas gravações inéditas para nos lembrarmos de José Afonso ao vivo

Duas gravações inéditas para nos lembrarmos de José Afonso ao vivo

Registo dos concertos em Coimbra (1968) e Carreço (1980) integra um álbum-livro agora lançado.

Gravação oficial dos concertos de José Afonso conhecia-se apenas uma, a que deu origem ao mítico álbum duplo gravado no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a 29 de janeiro de 1983. Até agora. Lançado no início deste mês, "José Afonso ao vivo" recupera dois registos do cantautor em momentos distintos do seu percurso: a 4 de maio de 1980, no Teatro Avenida, em Coimbra, e a 23 de fevereiro de 1980, na Sociedade de Instrução e Recreio de Carreço, em Viana do Castelo.

"Não estava nada à espera de ter acesso a estas gravações. É uma honra inacreditável editar José Afonso", afirma José Moças, responsável da Tradisom, convicto de que "a sorte" lhe bateu à porta ao colocá-lo em contacto com os colecionadores privados que estavam na posse de ambas as gravações. No caso do concerto em Carreço, foi Manuel Mina quem a cedeu de bom grado "para manter vivo o legado de Zeca". Dias depois, numa pesquisa pelo Facebook, Moças teve conhecimento de um concerto no extinto Teatro Avenida que teria sido gravado por Jorge Rino, professor universitário que lhe facultou a bobina.

Imobusiness