Cultura

Festival MIMO leva música, cinema e poesia a Amarante

Festival MIMO leva música, cinema e poesia a Amarante

O festival MIMO, que se realiza há 13 anos no Brasil, chega a Amarante entre os dias 15 e 17 de julho, com a promessa de um cartaz de luxo com mais de 30 atividades.

Música, cinema, poesia, workshops e fóruns de ideias. São estas as áreas que abrangem o MIMO, cujo conceito pretende promover o respeito pelas diferentes culturas e os bens histórico-culturais das cidades que o recebem.

Pela primeira vez em Portugal, o MIMO Festival leva a Amarante uma programação musical que conta com o encontro entre duas figuras do jazz: Pat Metheny, guitarrista vencedor de 20 Grammys, e e Ron Carter, um dos contrabaixistas mais respeitados da história.

O brasileiro e ás do bandolim de 10 cordas Hamilton de Holanda apresenta o Baile do Almeidinha, com os convidados Miguel Araújo, Silvia Perez Cruz e Mário Lúcio Sousa.

Também a dar música aos espetadores, vão estar presentes Tom Zé, Egberto Gismonti, Vieux Farka Touré, DJ Marcelinho da Lua, Mário Laginha e Pedro Burmester, Custódio Castelo, Orquestra do Norte dirigida pelo Maestro António Victorino d'Almeida, entre outros.

Na área do cinema, o Mimo vai apresentar, no Cinema Teixeira de Pascoaes, uma mostra especial de homenagem aos 80 anos do artista brasileiro Tom Zé, os melhores filmes dos últimos anos apresentados no MIMO Brasil e uma seleção de produções inéditas dedicadas a Portugal e a França.

O Centro Cultural de Amarante vai ser palco da Etapa Educativa, que oferece o encontro entre os músicos do MIMO com jovens profissionais e estudantes de música, através de workshops, masterclasses e oficinas. Os interessados podem inscrever-se gratuitamente na página do MIMO.

Já o Fórum de Ideias tem como objetivo promover o debate, a reflexão e a troca de conhecimento sobre as inúmeras possibilidades de se fazer e pensar a arte.

Por fim, o Pátio de São Gonçalo é o espaço escolhido para a Chuva de Poesia, onde centenas de poemas impressos em pedaços de papéis coloridos vão ser lançados.

Amarante representa a primeira internacionalização de um dos principais festivais culturais no Brasil.

As igrejas de São Gonçalo e São Pedro, o Museu Amadeo de Souza-Cardoso, o Parque Ribeirinho junto ao rio Tâmega, o Centro Cultural (antiga cadeia), a Casa da Portela e a Sala Teixeira Pascoaes vão receber a programação do festival, cuja entrada é gratuita.

ver mais vídeos