Artes/Etc

Gala dos Oscars sem apresentador pela primeira vez em 30 anos

Gala dos Oscars sem apresentador pela primeira vez em 30 anos

O humorista Kevin Hart não vai apresentar a 91.ª cerimónia dos Oscars devido a tweets que se tornaram virais.

É a primeira vez desde 1989 que a cerimónia não vai ter apresentador. Kevin Hart desistiu depois de terem sido recuperados uma série de tweets feitos por ele, publicados entre 2009 e 2011, com piadas homofóbicas.

Em 2010, Kevin Hart escreveu: "Um dos meus maiores medos é que o meu filho cresça a ser gay. Isso é um medo. Atenção, não sou homofóbico... seja feliz. Faça o que quiser. Mas eu, como homem heterossexual, se puder impedir o meu filho de ser gay, irei fazê-lo." Afirmações como esta deram origem a uma vaga de criticas ao ator e humorista.

Segundo a "Variety", a solução vai ser convidar várias personalidades conhecidas do meio, como atores e realizadores, para apresentarem a entrega dos Óscares.

O norte-americano, revelou no programa de "Ellen DeGeneres" que não quer ser o centro das atenções da gala e explicou no Twitter que não quer "ser uma distração numa noite que deve ser celebrada por tantos artistas talentosos. Peço as minhas sinceras desculpas à comunidade LGBTQ pelas palavras insensíveis que proferi no passado".

Imobusiness