Cultura

José Emídio tomou posse como presidente da Árvore

José Emídio tomou posse como presidente da Árvore

Com a promessa de "estar à altura do historial" da Cooperativa Árvore, José Emídio tomou posse esta quinta-feira como presidente da direção para o próximo quadriénio. Miguel Cadilhe e Fernando Neves Martinho passam a presidir, respetivamente, à assembleia geral e ao conselho fiscal.

Recuperar a confiança, renovar a instituição e reforçar o setor comercial são as três linhas mestras enunciadas pelo novo presidente da Cooperativa Árvore.

A situação financeira não foi esquecida. O líder eleito deixou a promessa de "conseguir chegar ao fim do atual mandato com a dívida controlada":

Na tomada de posse, José Emídio lembrou também o longo serviço da instituição ao serviço das artes e da cidade do Porto desde a fundação, em 1963, até ao presente, comprometendo-se a que os eleitos "possam estar à altura do seu historial".

Na hora de dar início ao novo trajeto, agradeceu ao candidato vencido, António Rocha Moreira, e louvou o dinamismo do ato eleitoral, o mais concorrido de sempre. Apesar de Armando Alves e Manuela de Abreu e Lima não terem feito parte da sua lista, José Emídio lançou o repto a ambos para que colaborassem com a nova direção.

Em estreia nas funções está também o economista Miguel Cadilhe, que confessou só ter decidido aceitar o convite após ter obtido a garantia do seu antecessor, Cassiano de Abreu e Lima, de que não pretendia continuar no cargo.

ver mais vídeos