Óbito

Morreu pintor Carlos Alberto Santos

Morreu pintor Carlos Alberto Santos

O pintor Carlos Alberto Santos morreu, esta terça-feira de madrugada, no Hospital Egas Moniz, com 83 anos.

Carlos Alberto Santos nasceu a 18 de julho de 1933, em Lisboa, e era casado com a pintora Maria de Lourdes Paes.

O corpo de Carlos Alberto Santos irá para a igreja do Santo Condestável, no bairro de Campo de Ourique, a partir das 16.30 horas de quarta-feira.

Naquela igreja, onde o artista plástico casou, a 31 de janeiro de 1959, será rezada missa de corpo presente, na quinta-feira, às 10.30 horas. Meia hora depois, o funeral sairá para o cemitério do Alto de S. João, onde o corpo do pintor será cremado, acrescentou a fonte da família.

Carlos Alberto Santos começou como ilustrador num atelier de publicidade e aos 17 anos foi convidado para trabalhar para a Agência Portuguesa de Revistas (APR), onde ilustrou cromos para o livro "História de Portugal", que se tornou numa das maiores coleções portuguesas da altura.

A primeira ilustração publicada do pintor data de abril de 1948 e acompanhava um conto de Hermínio Rodrigo da Conceição.

O último projeto do pintor na área dos cromos foi para um álbum sobre "Os Lusíadas", em 1966.

Colaborou ainda na editora Amigos do Livro, entre 1979 e 1987, e expos os seus trabalhos, a nível individual ou coletivo, nomeadamente na Sociedade Nacional de Belas Artes, Biblioteca Casa da Saudade, em New Bedford, ou na Biblioteca Pública de Cambridge.

Em Portugal, alguns dos seus quadros podem ser vistos no Museu Militar da cidade do Porto.

ver mais vídeos